Richard Swift – Dressed Up For The Letdown

3 03 2007

Dressed Up For The Letdown

Quem é Richard Swift? Você deve estar se perguntando… Para esclarecer, Richard Swift é um cantor/compositor obscuro da Califórnia cuja carreira começou basicamente como músico de estúdio. Um dia ele se cansou disso e procurou criar seu próprio material. Seu primeiro EP de maior destaque foi “The Novelist”, lançado de forma independente e depois com o auxílio do selo Velvet Blue Music do ex baixista da banda Starflyer 59, banda na qual Swift teve uma notável participação tocando teclados no disco “Old”. Na VBM ainda, Swift lançou diversos compactos com 2 ou 3 canções cada e logo foi sondado para entrar no cast da, um pouco maior, Secretly Canadian (Danielson, Damien Jurado, Jens Lekman, etc.), lançando por lá uma coletânea contendo o EP “The Novelist” e um outro pequeno disco que havia gravado anteriormente chamado “Walking Without Effort”. Falando sobre estilo, as canções de Swift possuem uma sonoridade que provém dos anos 30, das belas canções de cabaré conduzidas por pianos e violões vintage. Em “Walking…”, Swift adota uma postura mais pop e up beat, criando pequenas pérolas como “As I Go” e “Beautiful Heart”. Já o EP “The Novelist” mostra um Swift mais experimental, tentando coisas novas e depressivas dentro de seus próprios domínios. Destaque para a faixa título e “Looking Back, I Should Have Been Home More”.

Agora em 2007, Swift lança seu primeiro disco completo intitulado “Dressed Up For The Letdown”. Este disco já estava prometido a quase ou mais de um ano, mas devido a algumas negociações (o disco também será lançado na Inglaterra pela poderosa Polydor) o lançamento acabou ficando para este ano. Mas não tem problema, pois valeu a pena esperar! Em “Dressed Up…” Swift tenta manter o espírito passado pelo disco “Walking…” com canções pop alegres e assobiáveis em qualquer circunstância. Algumas das canções são regravações de coisas lançadas em seus compactos como “Buildings In America”, “Artist & Repertoire” e ”P.S. It All Falls Down”. O restante das 11 faixas são canções “inéditas” (entre aspas porque algumas delas já podiam ter sido ouvidas muito tempo antes pelo MySpace do artista).

O disco começa com a canção que dá título ao disco e resume muito bem toda a sonoridade peculiar de Swift. “Most of What I Know” nos oferece um dos refrões mais gostosos de se cantar junto dizendo: “Your love will keep my heart alive…”. A canção “Kisses For The Misses” é, talvez, a canção de maior força dentro do disco, com arranjos bem peculiares de Swift e uma melodia extraordináriamente bela. Em “Ballad Of You Know Who”, temos uma linda balada romântica com uma letra poderosa! O disco fecha com a pequena mas divertida canção “The Opening Band”.

No geral, Swift se mantém fiel ao seu estilo cravado por trabalhos anteriores e não apresenta nenhuma novidade musical, mas introduz novas canções com melodias muito poderosas. Seus arranjos tem um ar nostálgico muito forte que desperta dentro de nós os sentimentos juvenis mais puros e alegres. É o tipo de música que nos faz sentir saudades, seja do que for e enquanto Swift for capaz de fazer isso, serei seu fã de carteirinha.

Faixas:

Dressed Up For The Letdown
The Songs Of National Freedom
Most Of What I Know
Buildings In America
Artist & Repertoire
Kisses For The Misses
P.S. It All Falls Down
Ballad Of You Know Who
The Million Dollar Baby
The Opening Band

Nota: 7.95/10


Ações

Information

One response

16 08 2008
agacinco

só 7,95??? Você está louco!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: